segunda-feira, 13 de junho de 2011

Isso vale um abraço!

Estava distraída arrumando a casa, quando percebi um silêncio grande. Fui na ponta dos pés observar o pequeno que, obviamente, estava aprontando. Enchendo o copo com água no filtro e derramando no chão. Quando ele me viu, ficou todo desconfiado. Reclamei e continuei a faxina. Ele veio, em seguida, todo bonzinho, pedindo para ajudar. Puxou o lençol do lado, arrumou o travesseiro do outro e ajeitou o livro no criado-mudo. Parou e perguntou:

- Mamãe, você está feliz agora? Ainda está chateada comigo?

E eu:

- Claro que não, filhão!

E ele, subindo na cama:

- Então, me dá aqui um abraço, mãe!!!

(Depois do abraço, foi correndo terminar de assistiar ao danado do Pica-pau. Ele estava mesmo era tentando me agradar. Quando conseguiu o abraço, correu logo pra sala).


***
PS 1: Enquanto digito isso, o guri está escrevendo um bilhete para a vovó. E "lendo": Vovó, eu te amo! E a vovó escrevendo um bilhete para ele: "Arthur, eu te amo!". E sabe o que ele disse quando a vovó leu o bilhete? Assim:

- Vó, eu vou guardar esse bilhete para sempre, porque é o bilhete mais lindo que eu já ganhei!

****

PS 2: A festinha do São João foi adiada. Vamos aguardar!

****

PS 3: Kel, você é uma fofa! Obrigada viu!!! Por tudo!

4 comentários:

Kell Alves disse...

Chove muito por aqui e os 17º que faz no momento pra gente é frio, mas este guri aquece meu coração.
Um dia ainda vou poder te dar o maior beijo do mundo Artur.

Mamãe pela 2ª vez disse...

Como dizem aqui no nordeste o menino traquino rs.
Que lindo ele guardar o bilhete.
bjus

Bia Mello disse...

Oh, gente...como é fofo este menino!!! Um cheirinho neke, please? :)
Bjs,

Ana disse...

Oi! Tem um selinho para vocês no Balde: http://baldedeareia.blogspot.com/2011/06/selo-mamae-e.html
Beijos!