domingo, 21 de agosto de 2011

Tudo Outra Vez

Ontem não fui trabalhar e aproveitei para ver um pouco a rotina escolar de Arthur, pois sempre saio antes dele ir à escola e quando chego ele já está em casa. Então, acordamos um pouco antes das 7 e o guri já levantou chorando, sem querer escovar os dentes, vestir a farda, nada. Aquele chororô besta, que só dá abuso na gente.

Ele dizia que não queria ir para a escola e foi uma trabalheira só. Não cedi: escovei os dentes dele na marra, vesti o uniforme, coloquei-o no carro e levei-o chorando mesmo. No caminho da escola, fui brigando, reclamando, explicando que não ia admitir aquilo outra vez, que no dia seguinte (mesmo sabendo que era sábado, mas ele não sabia) se ele fizesse outra vez, ia ficar de castigo e blá blá blá blá. Toda vez que ele tentava falar, eu o mandava calar a boca. E fui falando, falando...

Já na escola, ele desceu do carro mais tranquilo e ficou sem nenhum problema na escola. Quando fui buscá-lo, ele perguntou:

- Você já tá boazinha, mamãe???

Respondi que sim. Entramos no carro e ele falou que queria ver um desenho quando chegasse em casa. Aí falei, bem tranquila:

- Quando a gente chegar em casa, você vai tirar o uniforme, tomar um banhozinho e almoçar. Depois, você vai escovar os dentes. Aí sim, você pode assistir ao que você quiser.

E ele, colocando a mão na testa:

- Ai, droga! Vai começar a 'biga' tudo outra vez!

Um comentário:

Vera Ferreira C disse...

Que lindinho.
Mãe é assim mesmo nunca paramos de falar,quando estamos quieta eles acha que estamos doentes.Bjs