segunda-feira, 30 de março de 2009

Alta Temperatura!

De repente, uma ligação no celular ao meio-dia, cujo número eu desconhecia. Quando ela se identificou, estremeci. Era a professora dele. De se estranhar. Penso logo no pior:
.
- Oi? O que aconteceu com meu filho? - Respondi logo.
.
Ela disse que ele estava com febre, 38.5º. Perguntou se podia dar um remédio ou se eu ia buscá-lo.
.
- Os dois! Dê o remédio, 15 gotinhas! Já já chego aí.
.
Quando cheguei, ele estava dormindo. Coloquei-o no braço e ele acordou já contando a historinha dos três ursos. Ainda com febre! Levei-o para casa. Passou a tarde com febrinha, mas sempre muito ativo. No início da noite, a febre voltou. Mais forte, seguida de moleza. Ele nunca se entregou à febre. Foi a primeira vez! Ficou molinho, falando coisas sem nexo, chamando por um macaco e cantando. Sempre cantando! Acho que ele sabe - institivamente - que os males espanta. Ao remédio, a reação foi o vômito. Todo em cima de mim.
.
Fomos correndo ao médico. Nenhum diagnóstico. Pode ser do aparelho digestivo, pode ser do aparelho respiratório. Pode ser! Receita. Hemograma marcado para amanhã. Quem disse que terei coragem de fazer??? Aonde foram parar aqueles exames de sangue que furava apenas a pontinha do dedo???
.
Agora ele tá ali, dormindo. Temperatura normal. Remédio de 6 em 6 horas. Barriguinha vazia, sem querer comer nada! Sério: se eu pudesse, sentiria todas as dores dele! Todas! Até as palmadinhas que às vezes dou naquela mão pequena que teima em jogar tudo no chão, sempre que é contrariado!
.
Peninha do meu bebê!

3 comentários:

Vany & Noca disse...

Ô mana... tenha fé em Deus! Não há de ser nada grave. Que Deus os abençõe! Amo muito vocês!!!!

Day Pinheiro disse...

Ô mõ Deuso...tadinho do Arth!
Se preocupe não..."ISSO TAMBÉM PASSA" rs...
O beijo!

Danileide disse...

Tenha fé. Não dá de ser nada demais. Logo mais ele estará bonzinho e aprontando novamente.
AMO VCS!!!!!!