domingo, 26 de setembro de 2010

Deus, na visão de Arthur.

Perguntei ao pequeno, se ele sabia quem era Deus. Segue, abaixo, o diálogo. As frases em azul, foram as que falei. As em vermelho, foram ele.
***

- Arthur, quem é Deus?

- Deus??? Ãh, eu não sei!

- Onde Ele está?

- No céu!

- E onde mais?

- Perto da gente!

- Onde é a casa d'Ele?

- Lá no céu. Na Igreja.

- Quem é o Filho d'Ele?

- É Jesus.

- Você gosta de Deus?

- Ahã. Deus é o quê meu?

- É seu Pai. Ele é Pai de todos nós.

- Não... Esse aqui que é o meu pai... (e correu para abraçar o papai).

***
Na verdade, eu fiz um vídeo, mas o papai aparece sem camisa e, por isso, não autorizou a publicação (hehehe). Outro dia vi uma reportagem dizendo que a Xuxa era mais conhecida entre as crianças do que Jesus. Então sugiro que, se você tem uma criança com mais de dois anos em casa, faça essa pergunta inicial a ela. Você irá se surpreender com as respostas. A gente educa pelo exemplo. Seja para o bem, ou para o mal.

2 comentários:

Kell Alves disse...

Muito especial esse dialógo, especial demais... Em tempos em que Deus tem sido renegado a último plano, ouvir uma criança falar assim Dele é quase um milagre!

P.S. Obrigada por todo apoio que você está me dando lá no 'Para que nunca me esqueça'. E pode copiar o decreto sim, fique à vontade. Aquele espaço tb é seu!

Renata Diniz disse...

Criança é mesmo surpreendente! Achei nobre o que você escreveu sobre o seu filho abaixo de seu perfil. Parabéns! Sua expressão foi tão profunda que me impressionou, sobretudo, por eu também ser mãe, de uma menina. Bjs.