quinta-feira, 7 de outubro de 2010

O Rei e o Rei

Quando o assunto é música, sobre Arthur a gente tem muito o que falar. Ele sempre gostou muito de músicas, e quando completou um aninho, ganhou sua primeira bateria. Minha mãe sempre canta pra ele, ao colocá-lo para dormir, dos mais variados tipos, desde aquelas mais infantis, do tempo em que ela era criança, como "Alecrim Dourado, até às músicas da Jovem Guarda e as recentes MPBs.

E o guri foi acostumando e apurando o "gosto", se é que podemos dizer assim... Aos seis meses, enquanto as crianças normais prestavam atenção na Xuxa Só Para Baixinhos, o meu pequeno gostava do Palavra Cantada, da Aline Barros e da Mara Maravilha. Com um ano, ele começou a ver todos os dvds do Diante do Trono.

Com 1 ano e meio, ele passava mais de meia hora assistindo ao menu dos desenhos, principalmente do Dogão, porque gostava da música do menu, em inglês. Ao completar dois anos, foi a febre do "Catchal", o "Relâmpado Macuim", como ele chamava o carrinho do filme Cars, da Disney, e vivia pedindo para que eu cantasse a música Life is a Highway. Quando eu cantava, ele acompanhava (do jeito dele, é claro).

Com dois anos e meio, ele se encantou pela Eyshila. Sabe várias músicas dela e cantarolava sozinho pela casa. Sua música preferida é "Na casa de Deus". E canta até hoje. Aos três anos, foi o Rebolation (aff), que além de cantar, ainda dançava descendo até o chão...

E agora, aos três anos e meio, o meu pequeno só quer ouvir o Rei. É, o Rei Roberto Carlos. E sabe quase de cor a letra de "Como é grande o meu amor por você", e agora está fissurado pelo "Calhambeque". Ele ainda está aprendendo a letra, mas já sabe onde tem que buzinar e o cd não pode sair do carro, sob pena dele não querer ir à escola. Houve uma época que ele só queria ouvir O Bom, de Eduardo Araújo e De repente, Califórnia, do Lulu. Falou em carro, ele gosta. Mas o mais interessante é que ele canta no ritmo, direitinho e se alguém canta desentoado (eu!), ele corrige.

Ele ainda escuta a Galinha Pintadinha, o Patati Patatá, o Teleco Teco,  o Cantiga de Rodas e outros assim. Ele cantarola outras músicas, mas as preferidas do momento são realmente essas daí de cima. Ah, ele também curte muito Os Pholhas, principalmente Have your ever seen the rain, e se a música acaba, temos que voltá-la umas milhares de vezes.

Ontem à noite ele virou para o avô e disse:

- Vovô, quero ouvir o Calhambeque.

E meu pai desandou a cantar. O guri reclamou:

- Não vovô!!!!Eu quero que o Roberto Carlos cante o Calhambeque!!!

Ai ai...

4 comentários:

Kell Alves disse...

Tenho um amigo que teria uma coment bem dele para esse post: "É fim de mundo! Um guri desse tamanho ouvindo Roberto Carlos..." hahahaha

Renata Diniz disse...

Que máximo!!! Val, não é por acaso que seu filhão tem nome de rei! Minha princesinha ama músicas, atualmente tem curtido bastante o Patati Patati, canta e dança também! Mas também desde a gravidez ponho música para ela: eram canções de ninar, cantigas de roda, clássica para bebês etc. Então, tomou gosto e eu acho uma delícia perceber o desenvolvimento dela. Parabéns pelo Arthur e beijo gde para vcs!!!

formate-videos disse...

Muito bom quando ainda podemos influenciar nas escolhas, é como vc disse outro dia "a gente educa pelo exemplo", mas depois vem o mundo para oferecer novas coisas e novas músicas q nem sempre são do nosso agrado... Bjss!

Val disse...

Kel, vc é ótima!!!! E eu filmei o guri cantando, depois vou editar esse post colocando o vídeo.

Renata, obrigada por sempre comentar aqui. Vc devia escrever mais sobre sua pequena. eu ia adorar ler.

E Cládia, não consigo comentar em seu blog. Estou lendo, e queria comentar nas postagens. Mesmo assim, obrigada por passar sempre aqui.

Bjos