quinta-feira, 7 de julho de 2011

Sufixos

Confesso que acho lindo quando uma criança fala errado, não as concordâncias, mas as palavras em si. Eu deixava, e ainda deixo, Arthur errar, mas não fico repetindo a palavra errada, por exemplo: se ele fala "manoese", eu não o corrijo, mas se eu preciso falar essa palavra para ele, não falo da forma dele, falo o certo mesmo, que é "maionese".

E são poucas, muito poucas, as palavras que Arthur não fala direito. Ultimamente ele vem "inventando" as palavras, acrescentando o sufixo "dura" para tudo. Outro dia fomos à pizzaria e estacionamos perto de um prédio em construção. E comentamos que ali seria um prédio novo e ele não concordou:

- Não é novo não, mamãe. É velho. Tá vendo? Ele nem tem uma "pintadura"! (=pintura).

Outra vez, ele bateu a cabeça no chão e veio me dizer:

- Mamãe, eu dei uma "batedura" no chão!

Ele diz que deu uma uma "corredura" na rua (=corrida) ou, se quer agradecer por alguma coisa, diz:

- Obrigado pela pegadura do meu brinquedo, mamãe!

Hoje cedo pedi que ele pegasse um suco de caixinha dentro do armário e falei que estava no fundo, por trás dos biscoitos. Ele tentou, depois falou:

- Mamãe, meu braço não é tão "esticante" assim!

E percebi que agora o sufixo é "ante": "pulante", "andante", "brilhante"...

2 comentários:

Bia Mello disse...

Eta fase boa e engracada, ne?
Menina...o Victao nao fala de jeito nenhum...ja to ficando doida, amiga...o menino com 1 ano e 7 meses ja...só por Deus!!! rs
Bjs,

Genis disse...

Conheci seu blog pesquisando sobre festa de aniversário do pocoyo no google.
Beijão, Genis ♥