terça-feira, 22 de setembro de 2009

Como Agir com Criança que Bate a Cabeça no Chão?

Ando muito preocupada com a atitude de Arthur em insistir em bater a cabeça no chão, sempre que é contrariado. A testa dele chega a ficar vermelha, roxa e agora apareceu um carocinho. Vou marcar com a Neuropediatra mais uma vez, mas enquanto isso, alguém tem uma dica? Alguém já passou por isso?
.
Toda vez que ele faz, converso direitinho, explico que faz mal para a saúde dele, que ele pode ficar dodói. Faço-o prometer que nunca mais vai se comportar daquela forma, mas não tem jeito. Ele sempre repete a ação. Ontem, quando fui buscá-lo na escola, percebi a testa vermelhinha. Perguntei:
.
- Filho, você bateu a cabeça no chão novamente?
.
E ele:
.
-Eu chorei mamãe. Porque eu queria ficar com a mamãe!
.
Fiquei com um pouco de medo. Não sei como as professoras agem quando ele faz isso. Se o deixam fazer, se brigam, reclamam ou interferem de alguma forma. Ia conversar com elas hoje, mas por causa de uma programação diferente em virtude da Semana doTrânsito, não teve clima. Amanhã farei isso.
.
******
PS: Por falar em escola, quando fui buscá-lo hoje entrei na salinha dele e peguei a bolsa e a lancheira. A escola estava um pouco vazia, por causa dessa semana do trânsito que falei, os alunos estavam no prédio do Fundamental. Só uma turma estava tendo aula, a dos alunos de 3 anos. A professora estava aos gritos com um menino, reclamando por algo que ele tinha dito. Brigando alto mesmo. Horrível. Pegou a criança pelo braço e colocou de castigo, sentado num canto da sala. Tive medo. Não deixarei meu filho nessa escola ano que vem se a professora for ela. Claro que tratei de me informar sobre o nome da dita-cuja e, para não cair no esquecimento, deixo registrado aqui o ato dela, com o Marcador "Escola" que farei questão de lê-lo no inicio do ano que vem.

Daniela, ainda aguardo suas dicas.

4 comentários:

Nathalia E. Strutzel Pádua disse...

ai não posso te ajudar com isso !!! mas sobre a escola, vale a pena ir conversar com as professoras , coordenadoras, enfim , pra saber realmente o que elas fazem !!!
eu já trabalhei em escolinhas, e sei que existem prôs boazinhas e prôs não tão boazinhas mesmo !! isso infelizmente é a realidade!!!!
aaah, e uma dica, tenta chegar de surpresa na escola qualker dia, em horário diferente pra ver o que está acontecendo!!!!

beijos!

Dani disse...

Procurei na net sobre esse mesmo problema... meu bebê, também Arthur, tem 1 ano e 2 meses, e quando é contrariado, bate por querer a testa no chão... já ficou três pontinhos roxos de tanto ele fazer isso... tbm já conversei co ele, disse que neném chora... mas não tem jeito... às vezes percebo que ele faz pra chamar atenção... não sei o que fazer....

Danielle Torres Batista - Fortaleza-CE

Anônimo disse...

to com mesmo problema q a Natalia.. algué pode me ajudar?

Anônimo disse...

minha sobrinha Sarah esta com este comportamento, quando contrariada, estou preocupada, já irmã gemea dela Hannah não tem esse comportamento.
amo minhas princesinhas.