domingo, 19 de dezembro de 2010

Ainda sobre a rouquidão

Eis que a rouquidão de Arthur voltou com força total e, de um dia para o outro - literalmente, apareceram as feridinhas na boca dele. Diferentemente da outra vez, que foi horrível, nos deu uma baita canseira e o pequeno sofreu bastante, dessa ele ficou bastante rouco, mas não teve febre e as feridas eram diferentes: aparecerem uns cortes no lábio inferior dele e alguns pontos vermelhos nas bochechas (pelo lado de dentro, é claro), perto dos lábios. De igual, só a falta de apetite e a irritação. Não sei se estou certa, mas acredito que as aftas não apareceram iguais à anterior porque minha mãe falou que eu usasse logo o Hexomedine, umas duas vezes ao dia, quando a rouquidão ficou intensa. Ela já desconfiava das aftas, mesmo a médica tendo descartado, como já falei aqui. Fico impressionada como essas doenças são sorrateiras e dão sinais leves, que por vezes nos guiam para outros caminhos. Só mesmo passando por isso para adquirirmos experiência e errarmos menos.

Nem voltei à pediatra, primeiro porque era fim de semana e segundo, porque achei a receita e usei os mesmos remédios que ela passou da outra vez (Astro 600, Hexomedine Sray e Ad-muc). Hoje, ele está bem melhor. Ainda rouco, mas melhor.

No mais, o pequeno está cada dia mais esperto. Hoje cedo, ganhou um presente da avó: uma motinha pequena, que troca os pneus. Acho que foi o presente mais barato que ela já deu a ele (R$ 3,99), mas fez um efeito enorme, ele amou. Agora à noite, ele lembrou da motinha e foi pegar. Com ela nas mãos, falou:

- Mamãe, eu adorei esse 'pesente' que minha vó me deu. Quando eu for 'na' iguêja' vou agradecer e pedir pra minha vó ganhar um 'prênio', porque ela cuida muito bem das 'quiancinhas' e ela me cuida muito bem, mãe!

Não é fofo o meu menino?

Ah, e ele já está um rapaz: não usa mais fraldas de jeito nenhum. Acorda duas vezes à tarde, uma vez à noite só para ir ao banheiro. Volta, deita e dorme novamente. Lindo demais de ver!

2 comentários:

Kell Alves disse...

Incrível o senso de direçõ q as mães tem! Vejo isso sempre q leio os seus posts.
Saúde pro guri e sucesso no mais q vc e ele precisarem!

Ana disse...

Tadinho. Doença de garganta é osso mesmo.
Crianças são assim né?
Não importa o valor. Muitas vezes o mais barato é o mais legal!
Beijos!